Press "Enter" to skip to content

Governo criará canal de denúncia contra professores que atentem “contra a moral, a religião e a ética da família”

Tiago Nascimento

Governo federal irá criar um canal para que pais de alunos possam denunciar professores, que venham a atentar “contra a moral, a religião e a ética da família”, em sala de aula, afirmou a ministra da mulher, da família e dos Direitos humanos, Damares Alves

Nesta terça-feira, 19, a ministra, durante participação em de audiência pública na Assembleia Legislativa, em Belo Horizonte, sobre suicídio e automutilação entre jovens, disse que o canal de denúncias será instalado nas próximas semanas.

“O canal está sendo formatado entre os ministérios da Educação e dos Direitos Humanos. Vai ser anunciado em breve. O que queremos é somente o cumprimento da lei. O Brasil é signatário do Pacto de São José da Costa Rica. Lá está dizendo que a escola não pode ensinar nada que atente contra a moral, a religião e a ética da família.” Afirmou a ministra.

Conforme publicou o site Estudos Nacionais, em sua entrevista, a ministra citou o caso do professor do Distrito Federal que pediu aos alunos uma redação sobre sexo oral e anal.

“A família precisa ser ouvida. O que queremos trabalhar no Brasil é uma parceria de escola e família. A família sendo consultada, mas não delegando suas responsabilidades” disse Damares.